• Whatsapp
  • MagiCelebrante Facebook
  • MagiCelebrante Instagram

MagiCelebrante Denny 

Celebrante de Casamento em São Bernardo do Campo, São Paulo e Grande ABC

Fornecedor recomendado pelos sites: casamentos.com.br e zankyou.com

Celebrações personalizadas, para casamentos de qualquer religião ou crença.

Tags: Casamento homoafetivo | Casamento Diferente | Celebração Criativa |   Celebrante no ABC | Celebrante em São Paulo

  • MagiCelebrante

Quanto custa um casamento no cartório?

Atualizado: 26 de Set de 2019

Independente de contratar um celebrante com efeito civil ou pedir a diligência de um Juiz de Paz, você precisará pagar as taxas cartorárias do casamento civil.


Casamento Civil no Cartório

A festa de casamento é um dos investimentos mais dispendiosos de uma cerimônia. Muitas pessoas optam pelo pacote completo, que inclui casamento na igreja e recepção dos convidados em um salão. Mas os gastos não param por aí, pode incluir o valor do vestido da noiva, buffet, equipe para executar a cerimônia, decoração, terno do noivo e lá se vão alguns milhares de reais.


No entanto, nem todas as pessoas querem ou podem investir tanto dinheiro. Ou ainda há pessoas que não são religiosas e não querem casar na igreja, mas mesmo assim gostariam de oficializar sua união.


Para aqueles que não abrem mão do registro civil de casamento, existem os matrimônios que são realizados em cartórios. As pessoas poderão fazer ou não uma recepção após assinar os documentos, isso dependerá apenas da vontade dos noivos. Mas mesmo sem festa, um casamento em cartório requer um investimento. E não estamos falando dos trajes dos noivos.

Afinal, quanto custa um casamento no cartório?

Essa reposta é relativa, pois os valores variam em cada estado, município e cartório. O valor cobrado pode chegar a mais de R$800,00 e em alguns municípios e em outros é possível encontrar taxas de aproximadamente R$250,00. A regra da cobrança deve ser consultada diretamente no cartório. Em São Paulo Capital e região em média os cartórios cobram em torno de R$ 480,00.


No entanto, pessoas declaradas pobres possuem a possibilidade de casar em um cartório sem pagar a taxa. A lei que garante esse benefício é a 10.406/02, em seu artigo 1.512. Essa é uma maneira de incluir esse direito às pessoas que não possuem condições financeiras para arcar com mais esse pagamento.


De qualquer maneira, para grande parte da população, não há outra maneira de oficializar um casamento sem fazer algum tipo de investimento.


Para verificar os valores cobrados para o seu casamento entre em contato com o cartório mais próximo da sua residência. Além do recolhimento das taxas, alguns documentos deverão ser apresentados e a assinatura de testemunhas para que corram os proclamas.


MagiCelebrante Denny Kamogawa

Tenha uma celebração intimista, emocionante e surpreendente no seu casamento.

Conheça mais clicando aqui.